Como gerar oportunidades de vendas e lucro na empresa

gerar oportunidades de vendas
gerar oportunidades de vendas

Em tempos de crise econômica, que tem impactando os negócios de várias organizações, desde as que lidam com produtos até as que trabalham com serviços específicos, como é o caso da atividade de instalação de aterramento, gerar novas oportunidades de venda e lucro são objetivos cada vez mais desafiadores.

Por essa razão, criamos este conteúdo com dicas práticas de como abrir caminho para obter mais vendas e lucratividade que valem para empresas de todos os ramos de negócio. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

Vendas e Lucro: entenda porque são diferentes

Apesar de associados, as vendas e o lucro são diferentes. A compressão dessas diferenças é essencial para os empreendedores que desejam obter melhores resultados e assim crescer o seu negócio.

De forma objetiva, as vendas são as receitas geradas em determinado período. Em outras palavras, é o quanto uma empresa faturou com a venda dos seus serviços e produtos, ou seja, o valor bruto que entrou.

Já o lucro, é quanto a organização obteve de ganho subtraindo os custos fixos. Por exemplo: uma empresa que atua com a venda de insumos para cerveja, para saber o quanto lucrou, terá que somar as vendas e retirar os gastos com a produção, compra de matérias-primas, energia, mão de obra, entre outros.

Portanto, nem sempre ter vendas é sinal de obtenção de bons lucros. Deste modo, o empreendedor possui dois desafios: aumentar as vendas e reduzir os custos de operação para ter mais lucratividade.

Para ajudá-lo nessa complicada tarefa, veja a seguir 7 dicas de como ter mais vendas e também lucro.

7 dicas de como gerar vendas e mais lucro

1.Invista em softwares de controle financeiro: para saber tudo que entra e sai da empresa, aposte em soluções digitais de controle financeiro, no qual é possível, analisar os custos de fabricação  e os ganhos com a venda.

2. Estude a possibilidade de trocar de fornecedor: empresas que lidam com a produção de grandes equipamentos, como um elevador de carga, por exemplo, que exigem diversos insumos, é uma boa prática para reduzir os gastos, pesquisar novos fornecedores de matéria-prima, que ofereçam condições mais vantajosas.

3. Concentre-se na retenção de clientes: captar um novo cliente requer mais investimento que reter um consumidor antigo. Por isso, a fidelização é uma maneira de cortar gastos e manter as vendas.

4. Amplia os canais de venda: para gerar mais oportunidades de vender mais, expanda os canais. Invista principalmente em plataformas virtuais, que são mais econômicas que pontos físicos e não contam com limitação de horário e geográfico.

5.Foque no diferencial do produto ou serviço: o comportamento do consumidor mudou, ele não somente compra pela qualidade e preço do produto ou serviço, ele deseja adquirir soluções. Por essa razão, evidenciar os diferenciais é determinante.

6. Fique de olho nos concorrentes: analisar e monitorar a concorrência é um princípio básico para empreendedores que querem obter ideias para aumentar a competitividade do negócio no mercado.

7. Aposte em marketing digital: atrair novos clientes, investir em ações e campanhas de marketing nas plataformas digitais é estratégico para elevar as vendas a médio e longo prazo.

Gostou das dicas? Então, compartilhe o conteúdo com os amigos nas suas redes sociais!